Archive for setembro, 2012

Esforços

terça-feira, setembro 25th, 2012

 

A vida sem esforço se resume na figura do mendigo sentado na calçada esperando a caridade dos que passam. Enquanto outros, na mesma condição, estão catando material reciclável ou tentando conseguir algum trabalho, estes primeiros estão acomodados aguardando a ajuda cair do céu.

E quanto a nós? Evidentemente se está lendo este texto há uma chance imensa de você não estar sentado a beira de uma calçada como um mendigo (fico imaginando um mendigo com um notebook e 3G lendo um blog na internet enquanto recebe esmolas… rsrsrs), mas e quanto aos esforços? Todos nós precisamos nos esforçar em alguma coisa senão a vida perde o sabor.

Mesmo que tudo pareça estar encaminhado, tenho certeza que em algum ponto há a necessidade de esforçar em alguma coisa. Não vivemos num mundo perfeito e nossa vida não é um mar de rosas. Então sempre há o que melhorar em algum ponto.

Eu costumo dizer que se não mudamos a receita o resultado sempre será o mesmo. Para resultados diferentes é necessário mudarmos alguma coisa. E esta mudança é o esforço que precisamos.

Dinheiro desapareceu? Esforce-se. Trabalhe mais. Consiga outro emprego. Mude de emprego. Cresça no emprego em que está atualmente. FAÇA ALGUMA COISA! Ficar do jeito que está não vai mudar nada. Alguém sumiu? Olhe em volta. Chame pelo nome. Pergunte para as pessoas. Corra atrás. FAÇA ALGUMA COISA. Ficar do jeito que está não vai mudar nada. Notas baixas na escola? Estude mais. Arranje mais tempo. Durma com mais qualidade. Alimente-se melhor (com mais qualidade). Acorde mais cedo. FAÇA ALGUMA COISA. Ficar do jeito que está não vai mudar nada. Está doente? Procure um médico. Siga suas orientações. Tome remédios. Procure uma vida mais saudável. FAÇA ALGUMA COISA. Ficar do jeito que está não vai mudar nada!!!

Um dos principais inimigos de nossos esforços é o orgulho. Temos muita preocupação com o que os outros vão pensar a nosso respeito e as vezes nos achamos bons demais pra fazer determinados esforços, afinal de contas, pela filosofia orgulhosa, eu tenho de ser o melhor! Mais um motivo para nos esforçarmos.

Resumindo: Sem esforço não vamos conseguir nada. E eu acho ótimo que as coisas sejam assim. Tudo o que eu consigo é pelo meu esforço. Se eu não consigo, não tenho o direito de culpar ninguém além de mim mesmo. Tenho sempre de me esforçar e este esforço é contínuo.

Um detalhe importante sobre este esforço é que ele tem de ser insignificante. Parece insensato de minha parte dizer isto, mas não é! O esforço insignificante é aquele que eu consigo fazer sem sofrer, sem ter de mudar muita coisa na minha vida. Mas é aquele que eu tenho de prestar atenção para que seja constante. Com o tempo não vou mais precisar esforçar, pois fará parte de meus hábitos cotidianos. Aí é hora de procurar outro esforço insignificante pra fazer. É a mudança que vem pra ficar.

Sem preguiça, sem orgulho e com disposição de sermos verdadeiramente melhores do que já fomos… É o ideal!