E o meu erro foi crer…

acreditar.jpg

É complicado imaginarmos que sempre agiremos corretamente porque isto não vai acontecer. Esperar por isto é o mesmo que acreditar em Papai Noel.
 
Então já que não sabemos o caminho certo vamos agir pelo que conhecemos: O caminho errado!
 
Calma! Não estou mandando ninguém seguir pelo caminho errado, mas mapear os caminhos errados e escolher algum caminho desconhecido. E isto eu falo pela lógica (ou por eliminação). Se sabemos quais são os caminhos errados então andar por eles vai nos machucar ainda mais. O que estou dizendo é que as chances de encontrarmos um bom caminho agindo de uma forma que nos é novidade é muito maior do que agindo de uma forma que reconhecidamente é errada.
 
O andar voluntariamente (quase 100% de nossos erros são voluntários ou "de caso pensado") por caminhos errados só vai nos atrasar ainda mais os nossos objetivos.
 
Se a vida viesse com um manual de instruções com certeza um dos ítens mais importantes deste manual (provavelmente escrito em letras garrafais) seria: "RESPEITE OS OUTROS COMO QUER SER RESPEITADO". Então dê aos outros a liberdade de errar voluntariamente sem julgar.
 
Atualmente erramos muito mais por saber do que por ignorância.
 
A proposta é: Aproveitar o que sabemos em nosso favor. Não é tão difícil assim! Acredite em si mesmo. Nós erramos, mas acertamos também!
 

Comentários estão fechados.