EU TE AMO… NÃO DIZ TUDO!

letras.jpg

É tanta coisa que dizem ser do Arnaldo Jabor que eu sempre desconfio. Mas sendo ou não dele tem um texto que eu li que achei muito interessante. Por este exato motivo coloco aqui.

 

 
EU TE AMO… NÃO DIZ TUDO!

Você sabe que é amado(a) porque lhe disseram isso?

A demonstração de amor requer mais do que beijos, sexo e palavras.

Sentir-se amado é sentir que a pessoa tem interesse real na sua vida,  que zela pela sua felicidade, que se preocupa quando as coisas não estão dando certo, que se coloca a postos para ouvir suas dúvidas, e que dá uma sacudida em você quando for preciso.

Ser amado é ver que ele(a) lembra de coisas que você contou dois anos atrás, é ver como ele(a) fica triste quando você está triste, e como sorri com delicadeza quando diz que você está fazendo uma tempestade em copo d’água. 

Sente-se amado aquele que não vê transformada a mágoa em munição na hora da discussão. Sente-se amado aquele que se sente aceito, que se sente inteiro. Aquele que sabe que tudo pode ser dito e compreendido. Sente-se amado quem se sente seguro para ser exatamente como é, sem inventar um personagem para a relação, pois personagem nenhum se sustenta muito tempo.

Sente-se amado quem não ofega, mas suspira;  Quem não levanta a voz, mas fala; Quem não concorda, mas escuta. 

Agora, sente-se e escute: Eu te amo não diz tudo!




Arnaldo Jabor
 

Comentários estão fechados.