Sentimento

 sentimento.jpg
Qual a ordem de grandeza devemos medir um sentimento? Como podemos mensurar o quanto gostamos (ou não) de alguém?
 
Alguém pode me emprestar uma fita métrica que seja capaz de medir a extensão de alguns (não precisa ser de todos) os meus sentimentos?
 
Não há como fazer isto de forma precisa ou eficaz que expresse exatamente como é.
 
Não vale dizer que o meu sentimento é igual ao sentimento de determinada pessoa porque não é possível determinar com precisão nada. Ainda assim não fomos capazes de produzir uma informação palpável para quem está de fora.
 
Entre as conhecidas frases de "eu te amo" ou "eu te odeio" existem inúmeras informações ocultas e que não são possíveis de serem reveladas sem um mínimo de esforço.
 
Eu costumo exemplificar isto com um desafio: Tente explicar para um cego de nascença o que é o vermelho. Você dizer que é uma cor não explicou nada (lembre-se que a pessoa nunca viu uma cor na vida). Eu digo que é impossível explicar isto. Assim como eu digo que é impossível explicar o que é o amor ou o ódio em palavras palpáveis e provas concretas. Com certeza só nos faremos entender para quem já sabe o que é o sentimento a que nos referimos. Aí iremos comparar dizendo (ou tentando afirmar) que é mais forte ou mais fraco que aquela demonstração do sentimento alheio.
 
Muitas vezes eu me perco nas tentativas de demonstrar o que sinto porque sei que palavras não serão capazes de traduzir coisa alguma.
 
Há uma linguagem que podemos admitir que seja capaz de passar um volume muito maior e muito mais preciso de informações desta natureza, que é a linguagem do coração.
 
Existem pessoas que não precisam de palavras para se comunicar, basta um olhar e já temos uma gama enorme de informações. Tente colocar no papel instruções básicas para qualquer um seguir os passos e conseguir as mesmas informações. Primeiro que jamais conseguiremos fazer e segundo que mesmo que consigamos jamais alguém irá conseguir reproduzir o mesmo fato seguindo as nossas instruções.
 
Esta linguagem do coração, em alguns casos, não depende sequer do olhar. O sentimento é transmitido a distância sem a menor barreira ou dificuldade. Alguém em Minas Gerais é capaz de transmitir inúmeras informações a alguém da Bahia sem o menor contato físico. Não dá para explicar como isto pode acontecer, não dá para determinar uma lista de procedimentos para que qualquer um siga e consiga a mesma coisa.
 
O meu objetivo neste texto todo não é tentar me fazer parecer melhor que os outros, mas evidenciar que existem coisas que não podemos explicar mas que podemos conhecer perfeitamente.
 
Quem nunca vivenciou algo parecido?
 

Comentários estão fechados.