Sofrer ou Não Sofrer, Eis a Questão!

ser_ou_naoser.jpg 

Sofrer ou não sofrer, eis a questão!
 
É difícil falar de sofrimento porque a minha razão me remete a uma coisa mas o sentimento a outra completamente diferente.
 
Vamos dar ouvidos a razão porque ela sempre me tira dos buracos em que me enfio.
 
O sofrimento só é ruim quando é feito conosco mesmos. Ou seja, só é ruim quando nos martirizamos por alguma coisa. De resto o sofrimento é útil e válido.
 
É curioso quando eu falo disto porque fica parecendo que entro em contradição. Eu digo que não devemos evitar o sofrimento porque o ato de evitar sofrimento gera sofrimento. Sendo assim, sofremos dobrado. Ao mesmo tempo devemos lutar em prol de nossa felicidade. Aprendi a muito tempo que não devemos lutar contra nada mas a favor de tudo. Eu não vou lutar contra o sofrimento, mas vou lutar a favor da (minha) felicidade. Muitos dizem que isto não muda nada, mas eu acho que muda tudo. A minha motivação não é a derrubada de alguma coisa mas a ascenção de outra.
 
Quando nos acontece algo desagradável devemos buscar a solução. A solução pode ser imediatamente empregada? Então empregue. A solução necessita de um tempo para ser empregada? Então espere o momento oportuno. Não tem solução? Então relaxe e curta a paisagem!
 
Como a razão é linda!!! Mas vai colocar isto em prática pra ver…
 
É justamente aí que devemos acreditar naquilo que pensamos. Porque falar apenas é bem simples… A prática não pode se deixar envolver com o sentimento. É só assim que iremos moldar o sentimento que encontra-se desequilibrado (só sofremos porque a parte sentimental fica abalada). Assim como ninguém entrega a direção de um carro para alguém alienado, não devemos entregar a condução de nossa vida para o sentimento quando o mesmo encontra-se desequilibrado. É tão lógico isto…
 
Vamos colocar em prática?
 
Mais simples ainda… Regrinhas básicas:
– Não evitar o sofrimento. Viva e assimile o sofrimento. É melhor destampar o reservatório onde ele está armazenado do que retirar todo o conteúdo com um contagotas.
– Lutar em favor da felicidade. Não agir contra ela.
– Não tomar decisões importantes enquanto houver problemas ou estiver de "cabeça quente".
 
Viva. Prefira sempre a vida. Prefira sempre a felicidade. Opte por não lutar contra si mesmo.
 

Comentários estão fechados.