Sonhos

 

Sonhos

 

É curioso como a vida passa e modificamos nossos gostos e valores.

Eu era pequeno e queria ser grande. Fazia mil programações para “quando eu crescer”. Trabalhar, ter meu dinheiro, ter minha vida, etc.

Bem, cresci (ou pelo menos acho que cresci). Bem que eu gostaria de ser pequeno… Ter menos responsabilidades perante a vida, não ser cobrado em várias coisas. Ter, como única obrigação, boas notas na escola. Estudar. Assistir sessão da tarde ou dormir.

Mas nesta época os meus interesses eram bem outros. Me preparar para trabalhar. Vislumbrar exatamente as minhas aptidões. Lembro que gostaria de ser engenheiro, mas o contexto onde vivia girava em torno disto. E eu gostava de eletrônica. A coisa andava por este lado. Preocupava com o primeiro emprego, como ia fazer, cheio de dúvdas. Veio a maioridade e foi o estresse do alistamento militar e carteira de motorista.

As vezes relembro esta época e acho graça nos apertos que passava em comparação com os de hoje. Em compensação hoje tenho mais experiência, então pode mandar que mato no peito!

O fato é que hoje tenho vontade de fazer uma verdadeira faxina nas minhsa obrigações e enterrar mais da metade delas. Ter uma vida mais leve, mais solta desprendido de tudo e de todos.

Enquanto não consigo uma varinha mágica que seja capaz de voltar o tempo sem perda de consciência, sem esquecer de minhas atuais experiências (que serão MUITO úteis caso isto aconteça) vou tratando de viver aqui o melhor possível dentro das minhas possibilidades.

E você? Quais eram suas aspirações de criança/adolescente? Realizou todas elas? Ou sofreram mutações por causa das circunstâncias e/ou idade?

 

Comentários estão fechados.