Amizades

Amizades
 
Sempre tive relativa facilidade para fazer amigos. Com isto ajuntei um monte de pessoas que sempre estão a minha volta.

A expansividade é minha marca registrada e talvez seja este o motivo de conseguir tudo isto. Como marca registrada todos que me conhecem sabem que sou muito difícil de ficar envergonhado e que sempre vou ter um sorriso no rosto para tudo.

Mas cheguei num ponto onde comecei a questionar toda esta amizade de todo mundo. Não confundam isto com egoísmo de minha parte, mas é aquela busca (infundada, eu sei) de alguém sem defeitos.

Inventei uma historinha hoje (que retrata bem isto) e achei legal colocá-la aqui.

A historia é assim: Acordei num belo dia e achei uma lâmpada mágica. Esfreguei e o gênio apareceu (ohh que novidade, rsrsrs). Só que ele me concedeu quantos pedidos eu quisesse. Então vamos começar, mas tenho de pensar muito no que vou escolher.

Nesta história de pedidos, gênios e etc fiquei pensando no volume de amigos que tenho. Sendo assim eu pensei em fazer uma seleção destes meus amigos utilizando o gênio da lâmpada.

E como seria isto? Acho que será simples. Apesar de que nada que vem das profundezas de minha mente possa ser considerado simples. Mas isto é uma outra história! rsrs

Nada que um bom e poderoso gênio não seja capaz! Nas histórias os gênios são capazes de tudo. Fazem o mundo virar do avesso, mas não são capazes de modificar o coração das pessoas. Então já que não posso modificar o íntimo das pessoas (e nem seria lícito fazer isto) tenho de pedir outras coisas.

Aí comecei a pedir:

Vamos desaparecer, do meu círculo de amizades, as pessoas que só se preocupam consigo mesmas. Pedi ao gênio e… pluft… pronto, estas pessoas foram estirpadas do meu convívio.

Agora é a vez das pessoas que me subestimam. Acham que tenho um retardo mental (rsrsrs… não riam disso… rsrsrs… mas tem gente que pensa assim mesmo). Manda elas para longe. O gênio prontamente atende ao meu pedido.

No meu terceiro pedido quero que desapareçam as pessoas que me decepcionaram. Sim. Aquelas pessoas de quem eu esperava algo legal e foram capazes de fazer justamente o contrário. Vamos gênio… Trabalha aê!

Inteligentemente eu logo lembrei das pessoas que me causaram alguma lesão. Que me fizeram alguma coisa de ruim. Estas são as próximas, gênio! Vamos lá!

Agora eu quero que as pessoas que têm (ou já tiveram) desprezo ou raiva de mim vâo para bem longe. Gêniooo… Vamos lá…

Ufa! Já foi todas as pessoas que tinham na minha pálida seleção. Mas… Ué! Cadê o resto??? Onde tá todo mundo??? Fiquei sozinho!!!!

Então é hora de fazer meus dois últimos pedidos ao gênio:
1. Traga todo mundo de volta.
2. Entre dentro desta lâmpada e vá para o fundo do oceano mais profundo possível para que ninguém te ache novamente.

Sabem o que eu compreendi? Que todos nós temos defeitos, não importa quais são! E vou mais além. Eu mesmo já senti tudo isto por muita gente que eu gosto. E não deixei de gostar destas pessoas pelo fato de algum dia ter sentido alguma coisa negativa por elas. Então, estas pessoas não deixaram de gostar de mim pelo simples fato de algum dia na vida ter sentido algo negativo por mim.

O que eu quero é que todo mundo seja o que tem de melhor e é isto que passei a procurar em cada um que conheço.

Hoje procuro motivos para gostar das pessoas e não para não gostar. Ou seja, procuro os pontos positivos ao invés dos negativos. E descobri que todos nós temos pontos positivos (e como temos!).

Experimentem! Façam o mesmo!!!

(Este texto é uma homenagem às minhas verdadeiras amizades)

Uma Resposta to “Amizades”

  1. Vania Mugnato de Vasconcelos Says:

    [b]Eu adoro historinhas… especialmente de gênios e lâmpadas mágicas, onde podemos ter nossos desejos realizados… observei que seu gênio era poderoso, ofereceu mais de 3 desejos e ainda desfez tudo que fez a seu pedido. E observei que ele o fez porque os gênios das lâmpadas tem milhares de anos de experiência em pedidos, e sabem que no fundo, no fundo, quase sempre pedimos precipitadamente que a vida nos afaste das dificuldades, mesmo que para isso tenhamos que rejeitar pessoas que caminham conosco porque não são perfeitas. Então, para o gênio, deve ter sido grata surpresa ter que trazer de volta todo mundo que ele afastou da sua vida. Porque não existem seres perfeitos mesmo. E porque, tenho certeza, os que hoje você homenageou como seus verdadeiros amigos, embora também errem, embora talvez um dia até te decepcionem nisso ou naquilo, tem uma virtude tremenda, que é amar você exatamente como você é. Sendo assim, só posso considerar pessoas de sorte estas as quais você guarda tão carinhosamente no coração. Que estas pessoas, bem como você mesmo, jamais se decepcionem mutuamente, ou melhor, que se o fizerem, deixem o amor apagar todas as manchas… Adorei o texto e a reflexão. Beijão![/b]