Então é Natal…

natal_2009.jpg
Bem, eu já vivi 42 Natais! Então posso dizer que tenho "história pra contar". rs
 
Mais um Natal chegou. Mais uma vez vejo o corre-corre para compras. Mais uma vez vejo comerciantes ganhando muito dinheiro. Mais uma vez vejo as ruas, lojas e shoppings lotados. Mais uma vez vejo atitudes de caridade com os menos favorecidos.
 
Acho maravilhoso este espírito natalino que move as pessoas para atitudes de caridade. Muito embora eu olhe com certo desdém estas atitudes meramente natalinas (como que para cumprir uma obrigação social ao invés de um verdadeiro ato de caridade).
 
Este espírito natalino não me pega. Sou no Natal exatamente do mesmo jeito que sou o resto do ano. Mas digo isto porque já compreendi que não devemos ser bondosos e caridosos APENAS na proximidade do Natal. Tenho me esforçado durante todo o ano por ser o que muitos são apenas no Natal.
 
Uma vez ouvi uma frase de um amigo que me deixou pensando: "Se somos igual a maioria devemos tomar cuidado, porque a maioria não representa o melhor!". Desde que ouvi esta frase minha vida virou um inferno porque a minha frase-padrão para desculpas ("Se todo mundo é assim porque eu não posso ser?") caiu por terra. E foi daí que partiram os meus esforços.
 
Quando digo que o espírito natalino não me pega é porque procuro viver pequenos (e possíveis) atos de caridade o ano inteiro ao invés de concentrar tudo num dia só.
 
As instituições de caridade ficam abarrotadas de alimentos e de visitas neste fim de ano e passam por extremas dificuldades o resto do ano. Parece incoerente só para mim ou vocês pensam o mesmo?
 
O meu objetivo, neste texto, é a conscientização de que precisamos ser melhores é durante todo o ano e não apenas durante a época de Natal.
 
Feliz Natal a todos e que o Natal dure 365 dias ao invés de apenas 1.
 

2 Respostas to “Então é Natal…”

  1. jeniffer lira Says:

    Tomara esse texto possa fazer com os outros leitores o mesmo que fez comigo me ensinando que as pessoas menos favoraveis precisao dessa ajuda o ano todo e nao so em um dia e o outro ano que ira começa!

  2. Marcelo Says:

    Obrigado pelo comentário, Jeniffer.

    E fico feliz por ter, de alguma forma, contribuído!

    Abraço.