Fumaça e Fogo

fumacapreview.jpg
Onde há fumaça há fogo, já dizia o velho ditado popular…
 
As vezes eu fico pensando nestes ditados populares e tentando aplicá-los na atualidade e em diferentes situações. Com este não foi diferente.
 
Basta determinarmos o que é fumaça e logo saberemos o que é o fogo e quais as suas consequências diretas e indiretas.
 
Quando nos acontece alguma coisa ruim sempre identificamos algumas coisas que precederam o acontecido como que nos avisando o que estava por vir. Era a fumaça que não demos a devida atenção.
 
O curioso é que quando identificamos a fumaça agimos de forma preventiva e o fogo não acontece. Alguém desavisado até pode dizer: Tanto movimento para nada! Mas o movimento é justamente para isto, para nada acontecer. Não temos de agir apenas quando algo de ruim acontece. A isto eu chamo de irresponsabilidade (quando não tem um nome um pouco pior).
 
A hora de agir nós escolhemos. Só temos de cuidar para não estar em nenhum dos extremos, pois num extremo está o total descaso que vê a fumaça densa e nada faz até ver as chamas consumindo aquilo que temos de precioso e no outro extremo está o cuidado exagerado onde basta uma leve brisa e já confundimos com um incêndio de grandes proporções.
 
Sempre vale a pena agir antes que qualquer coisa ruim aconteça, mas nunca vale a pena sofrer para isto.
 
Reconhecer o momento da ação é uma arte que aprenderemos somente com a experiência, ou seja, teremos de agir para aprender. Iremos errar, mas iremos aprender.
 

Comentários estão fechados.