Incompreensão

incompreensao.jpg 
Nem sempre somos compreendidos e eu ainda não sei porque me espanto com isto.
 
Na verdade eu não quero deixar de me espantar, afinal de contas eu não posso viver tentando ser o que não sou. Sou eu e se as pessoas não me compreendem vou esforçar para ser compreendido, mas sempre há um ponto do qual não vou conseguir ultrapassar.
 
Se eu fosse ter algum problema existencial cada vez que não fosse compreendido meu lugar seria num belo quarto acolchoado com uma pequena janelinha bem no alto e estaria usando uma camisa bem legal (daquelas que não nos deixa as mãos livres para movimentar).
 
Já que eu não vou pirar porque não fui compreendido então tenho de me virar e tentar remediar a coisa da maneira que me for possível.
 
Já pedi desculpas a uma grande amiga (acho que a ofendi sem querer), ontem pedi desculpas a outra amiga (sei lá se ofendi, mas por via das dúvidas…). E assim vou!
 
Estou meio elétrico devido a acontecimentos no trabalho que me exigiu pensar e agir com certa rapidez. Então talvez (eu disse TALVEZ) seja este o motivo de minha incompreensão. Penso numa coisa mas o pensamento se mistura a outra, e a mais outra, e a mais outra. Na hora de sair sai uma mistureba disto tudo e aí não posso culpar as pessoas de não me entenderem.
 
Vai melhorar. Estou certo disto (pelo menos é o que eu desejo)!
 
Enquanto isto, vou dizer uma coisa muito importante a todos que estão lendo aqui:
alsjdfl kasjdf lkas jdfla ksdjf asoiduf oqeru qweg asjhf sdjfy owie roiw laksdhfalsdfu oais.
 
Entenderam? Pois bem! É isso!
rsrsrs
 

Comentários estão fechados.