Decepções

decepcao.jpg 
 

 

Quem nunca sofreu por uma decepção na vida? É claro que todos nós já passamos por esta situação desagradável.
 
Qual é o remédio para a decepção? Não existe! Não há como moldar o comportamento dos outros (mal conseguimos moldar os nossos comportamentos, que dirá dos outros). Então iremos nos decepcionar sim! E muito.
 
Na verdade eu até torço para que eu me decepcione muito pois isto, para mim, é o sinal claro que nunca deixei de confiar nas pessoas. O dia que eu não mais me decepcionar vou saber que minha confiança no ser humano diminuiu (ou acabou). Vou sempre esperar que as pessoas tomem as melhores atitudes, vou sempre esperar que as pessoas cumpram as promessas que fizeram, vou sempre esperar que as pessoas ajam positivamente e dentro daquilo que se propuseram. Isto, na minha opinião, é acreditar no ser humano. E eu acredito!
 
Deixar de acreditar nas pessoas significa que vou viver desconfiado de tudo e de todos. Vou sempre achar que tem alguém querendo me passar a perna. Vou sempre pensar que todos estão esperando apenas uma brecha de minha parte para me prejudicar. Sinceramente não acho que isto seja uma maneira saudável de viver.
 
Por isto não vou deixar de acreditar no ser humano. Sempre vou me surpreender com as coisas que as pessoas fazem (comigo ou com outras pessoas).
 
É claro que a decepção gera uma repulsa incrível contra a pessoa que nos decepcionou. Afinal de contas alguém que tinha a nossa confiança, de uma hora para outra, passar a não ter é uma mudança muito radical e difícil de administrar. O ato de cortar um laço que antes era forte (senão não haveria decepção alguma) é sempre traumático e as vezes leva tempo.
 
Mas é bom termos em mente que o tempo passa, que o calor da situação vivida esfria, que o sentimento (ruim) que tínhamos durante o momento difícil se esvai e que passamos a encarar tudo como mais naturalidade. Qual o tempo que isto leva? Não sei! Isto varia não só de pessoa para pessoa, mas (principalmente) com o grau de confiança que tínhamos com quem nos decepcionou.
 
É difícil consertar uma relação confiança quebrada. A quebra de confiança produz marcas que podem ser tão profundas quanto o valor que dávamos para o relacionamento.
 
Mas tem um lado que devemos nos preocupar muito mais. Devemos ter uma preocupação grande em não decepcionar. Se já sofremos uma decepção alguma vez na vida sabemos o quanto é ruim, portanto, não devemos ser nós a decepcionar alguém. Pior do que ser decepcionado é (sem sombra de dúvida) decepcionar.
 
E o que podemos fazer para não decepcionar? Em primeiro lugar ser verdadeiro em tudo desde o começo. Se não gosta diga que não gosta. Se sente inseguro diga que sente inseguro. Se tem preocupações que envolvem outra pessoa, deixe-a informada. Cuide para que não tome atitudes inversas num curto espaço de tempo (agir de uma forma hoje e amanhã agir num outro extremo nunca é de bom alvitre).
 
Gosta que as pessoas sejam transparentes com você? Então faça a sua parte e seja também! As chances de você decepcionar alguém sendo transparente são mínimas.
 
Lembre-se que a maioria das decepções são frutos da imaturidade aliada à impulsividade nas atitudes.
 

Comentários estão fechados.